Publicado em Notícias

Plano de Desenvolvimento Regional

Aracaju, 15 de fevereiro de 2017

 

Itabaiana, Lagarto e Glória sediaram as discussões

Durante esta semana, o Plano de Desenvolvimento Regional do Estado de Sergipe (PDR), foi o foco em oficinas que aconteceram em variados territórios do Estado. Entre a segunda e quarta-feira, técnicos da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), e do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS), empresa responsável pelo desenvolvimento do PDR, reuniram-se com representantes de municípios e pessoas da comunidade nas cidades de Itabaiana, Lagarto e Nossa Senhora da Glória. 

Entre os presentes, representantes da gestão municipal das cidades pertencentes aos territórios pelos quais passaram as oficinas, além de técnicos da Seplag e de órgãos parceiros no desenvolvimento do PDR. As oficinas têm como foco, definir diretrizes, metas e indicadores do plano, um passo importante para que as pessoas possam apontar as prioridades para sua região. “É uma fase muito importante, pois assim conhecemos, na opinião deles, onde o Estado deve alcançar, e qual o melhor modelo de desenvolvimento que será aplicado em longo prazo no Estado”, explica Ciro Brasil, coordenador do projeto.

O secretário de Planejamento, João Augusto Gama, compareceu a oficina realizada na segunda-feira, 13, em Itabaiana e destacou na ocasião que o fato de as oficinas terem acontecido nos municípios, mostra ainda mais a transparência e importância do projeto. “Assim ouvimos uma maior pluralidade de atores e representantes de diferentes realidades socioeconômicas, observando o que cada município e região têm de peculiar para contribuir com o plano”, frisou.

Participação

A participação da comunidade foi crucial para o bom andamento da elaboração do Plano. Nas cidades pelas quais o projeto passou, pessoas envolvidas nas administrações municipais foram uma constante. O secretário de agricultura do município de Macambira, Nivaldo dos Santos, destacou que a presença dos gestores é fundamental para contribuir com o desenvolvimento dos municípios. “Assim tomamos conhecimento dos projeto e também contribuímos com aquilo que julgamos necessário para nossa cidade e região”, disse.

A seca, o potencial hídrico do estado e a mudança na densidade demográfica da zona rural para a zona urbana dos municípios também tiveram destaque nas palestras apresentadas e foram amplamente discutidas como pontos chaves que precisam ser trabalhados nas políticas públicas de desenvolvimento. Nesse contexto, o professor e diretor do Campus da UFS em Itabaiana, Marcelo Mendes, apontou a problemática do esvaziamento da zona rural, um problema comum na região do Agreste Sergipano.

“Esse é um momento muito importante para discutirmos assuntos como esse, que tendem em longo prazo, a contribuir para o desenvolvimento das nossas cidades. Os Governos Federal, estaduais e municipais precisam ter esse diálogo constante, para melhorar de fato a realidade do país”, declarou.

Realização

Em Sergipe, a elaboração do Plano é coordenada pela Sergipe pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), com apoio da Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de Sergipe (Sedetec). A Execução do mesmo é feita pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS).

ONDE ESTAMOS

Rua Vila Cristina, 1051

13 de Julho Aracaju/SE

CEP: 49020-150

(79) 3214-6437

supes@seplag.se.gov.br

Boletim de Notícias

Cadastre-se para receber nossas novidades.

Escolha a publicação de seu interesse